Postagens

Análise do Jeff: Evangelion 3.0+1.01: A Esperança

E aí, tudo jóia? Comentei aqui como Neon Genesis Evangelion é minha animação favorita de todos os tempos. É uma obra grande, imperfeita, caótica, existencialista e que por acaso, tem robôs gigantes.   E depois de assistir a Evangelion: 3.0+1.01: A Esperança (ou “Thrice Upon a Time”, no resto do mundo), reafirmo: A franquia NGE é a minha favorita de todos os tempos.   Antes de mais nada: A postagem pode ser lida por todos <3 Mas quem já conhecer ao menos um pouco desse mar de LCL vai aproveitar bem mais. Pensando na galera que ainda vai “entrar na droga do robô”, aqui vão alguns links para contextualizar, vindos diretamente da (que eu considero) maior página sobre o anime no Brasil, a Evangelion:BR (mas depois voltem pra cá, hein?): A série de TV; A salada chamada Death&Rebirth/Death (True)²; O filme The End of Evangelion; As diferenças entre o anime e o mangá; A cinesérie Rebuild of Evangelion (basta clicar nos índices “Rebuild)”; Os próximos links são de outras fon

[RESENHA de livro] O diário de Anne Frank

Sobre histórias de SCP e a Fundação SCP

Método Mulher Fitness em Casa

As Mulheres da Marvel como Bond Girls

Cine Gamer em SP: Venha jogar videogame no cinema!

Uma história da Rapunzel e gatinhos (tirinha)