Kéfera Buchmann é uma estrela do pop em "Eu Sou Mais Eu", nova comédia com direção de Pedro Amorim.




Capa do novo álbum da Camilla Mendes




Em seu novo filme dedicado ao público jovem, depois do sucesso de "É Fada", que levou 1,7 milhões de espectadores ao cinema, em "Eu Sou Mais Eu", Kéfera vive Camilla Mendes, uma estrela da música pop. Dona dos maiores hits do momento, ela não tem tempo para pensar em nada que não seja sua fama e seus milhões de seguidores. Sem paciência para a concorrência, tudo que importa é que a sua nova música 'Eu Sou Mais Eu' seja a número um nas paradas.

Com milhares de compromissos na agenda, voltar no tempo, com certeza, não estava nos seus planos. Mas quando misteriosamente acorda em 2004, Camilla terá que lidar com os dramas da adolescência, o bullying da inimiga Drica (Giovanna Lancellotti), as provas e trabalhos da escola… tudo de novo! Vai ser até moleza se readaptar à vida antes da selfie, o complicado mesmo vai ser conseguir convencer seu melhor amigo Cabeça (João Côrtes) que ela veio do futuro e agora precisa da sua ajuda para voltar.



Camilla e Cabeça no colégio



Para encarar o papel da popstar Camilla, Kéfera passou por uma longa preparação, com ensaios, aulas de canto, aulas de dança e mudanças no visual. Além de reviver músicas clássicas dos anos 2000 que embalaram o discman de todos os adolescentes da época, "Eu Sou Mais Eu" também conta com uma faixa inédita na voz da própria Kéfera, a gravação de um videoclipe e um show com a presença de seus fãs na plateia em que canta o sucesso "Máscara", da cantora Pitty.






Trailer Oficial






Opinião sobre o filme


Sim, mais um filme da Kéfera! E mais um filme sobre voltar no tempo para corrigir os erros e aprender alguma lição para a vida.

Gostei muito, pois o filme trata de bullying e aceitação pessoal, além de mostrar uma amizade sem interesses entre dois jovens de sexos diferentes onde um não está apaixonado secretamente pelo outro. Camilla e Cabeça são como irmãos, sempre unidos e se apoiando.

Na coletiva de imprensa, Kéfera falou como a sua adolescência foi traumatizante e que também ela, durante as gravações do longa, se sentiu melhor com a peruca da personagem mais jovem (desleixada) do que com o cabelo alisado da mesma como popstar. Isso a fez repensar alguns padrões e tomar a iniciativa de fazer a "transição capilar" e assumir os cachos.

O ator João Côrtes (Cabeça) também falou que em sua época era tratado como "palito de fósforo", pois era magro e ruivo.


E você, já viu o filme? Deixe aqui o seu comentário a respeito.

Antes de qualquer coisa, quero que deixe para lá seu preconceito sobre a atriz principal ser uma Youtuber envolvida em algumas polêmicas. O filme é legal, tem risadas garantidas e momentos para refletir. Então aproveite que ainda está nos cinemas!!! 😉


~~♥~~


0 Comentários